Usuários do transporte público elogiam sanitização de pontos

Rodrigo Luiz Ribeiro
Secretaria de Mobilidade Urbana

Desde o início da pandemia da covid-19, a Prefeitura de São José dos Campos (SP) tem realizado uma série de ações para conter a disseminação do novo coronavírus e salvar vidas. Entre elas, está a sanitização de pontos de ônibus, que tem sido elogiada pelos usuários do transporte público.

Ao todo, a Prefeitura já realizou 27.166 sanitizações em pontos de ônibus. O serviço é feito diariamente pela Urbam (Urbanizadora Municipal) em pontos de todas as regiões do município e também inclui o Terminal Rodoviário Central e a ECO (Estação de Conexão) do Campos de São José, na região leste.

Moradora do bairro Santa Hermínia, na região leste, Isabel Aparecida Lucia de Matos, de 44 anos, aguardava o ônibus na avenida Santos Dumont, no Jardim Paulista, no centro, quando a equipe da Urbam chegou para realizar o serviço.

“Eu me sinto mais segura com a limpeza. Ela previne do coronavirus. Isso é muito bom” disse Isabel.

A sanitização também foi elogiada pela moradora do Monte Castelo, Giovana Camile Ferreira, de 17 anos, que estava no mesmo ponto. “Eles vêm todos os dias aqui. É importante. O pessoal fica mais seguro, acho bom”, afirmou.

Na ação, é aplicado um desinfetante à base de quaternário de amônio, indicado para desinfecção de pisos, paredes, bancadas de trabalho, equipamentos, utensílios, entre outros, e que age eficientemente sobre microrganismos. O produto aplicado tem durabilidade de sete dias nas superfícies. Ainda assim, o Terminal Rodoviário Central, por exemplo, recebe a sanitização às terças-feiras e sábados.

O serviço possui uma programação que prioriza o atendimento dos pontos sempre nos mesmos horários, o que facilita a aplicação, já que os próprios usuários acabam reconhecendo a equipe da Urbam, o que mantém uma harmonia entre a população e o poder público neste momento de pandemia.

“Desembarco de manhã aqui e pego o ônibus aqui também pra ir embora”, contou a moradora do Jardim São José 2, Jéssica Amanda de Brito, de 29 anos, que estava em um ponto de ônibus da avenida Benedito Matarazzo.

“Já tinha visto a ação. Da outra vez, eu estava sentada e eles nos pediram licença para fazer a limpeza. Dá mais segurança, porque todo mundo senta, todo mundo põe a mão”, completou.

Outras ações no transporte público

No transporte público, foram distribuídas gratuitamente 100.000 máscaras aos usuários dentro dos veículos e nos principais pontos do município. Os ônibus, que já eram higienizados antes da pandemia, têm recebido uma higienização extra sempre nas paradas técnicas de cada linha.

Todos os funcionários das empresas que operam o serviço receberam a vacina contra a gripe H1N1, máscaras e álcool em gel, além de instruções com relação aos cuidados a serem adotados durante a prestação do serviço. Os funcionários que estão no grupo de risco foram afastados e também não é permitido o embarque sem o uso de máscara.

Todos os agentes e operadores do sistema de transporte recebem orientações de segurança e atuam como multiplicadores da conscientização.

Vale ressaltar que, a operação do transporte público durante a pandemia foi definida em uma ação conjunta entre a Administração Municipal, as empresas responsáveis pelo serviço e o Sindicato dos Condutores do Vale do Paraíba.

Atualmente, cerca de 80% da frota de ônibus do município está sendo disponibilizada para a população, e transporta em média 45% dos passageiros em comparação com dias normais antes da pandemia.

Assim como a flexibilização do governo estadual, a alteração operacional é gradativa e acompanhada diariamente para possíveis ajustes e alterações, com o foco no melhor atendimento aos usuários.

A Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Mobilidade Urbana, reforça que os cuidados para conter a disseminação do coronavírus – covid 19 – precisam ser mantidos, como o uso de máscaras, sempre lavar as mãos, usar o álcool em gel e evitar tocar os olhos e a boca.

FONTE: Prefeitura de São José dos Campos (SP).