Julho Amarelo termina com 1.600 testes rápidos para hepatites

Nei José Sant’Anna
Secretaria de Saúde

Ao longo da campanha “Julho Amarelo” deste ano, realizada pela Prefeitura de São José dos Campos (SP), foram realizados 1.662 testes de hepatite B e C nas unidades de saúde do município. Dentre as pessoas testadas apenas uma recebeu diagnóstico positivo para hepatite C.

A campanha ocorreu do dia 1º a 31 de julho e teve o objetivo de alertar sobre a importância do diagnóstico precoce, reduzindo os ricos e melhorando a qualidade de vida das pessoas.

Durante esse período ações educativas e testes rápidos foram intensificados nas unidades básicas de saúde e no Centro de Referência em Moléstias Infecciosas (CRMI).

Os usuários da rede que compareceram para fazer o teste receberam aconselhamentos antes e após o exame. No caso positivo, o paciente foi encaminhado para tratamento no ambulatório de hepatites, que funciona na Unidade de Especialidades de Saúde (UES).

O mês de julho é dedicado a chamar a atenção da população para os cuidados com as hepatites, pois na última terça-feira (28) foi comemorado o Dia Mundial de Luta Contra a doença.

A Secretaria de Saúde reforça que, embora julho seja um mês de intensificação de testagem, os munícipes podem procurar o CRMI e as unidades básicas para fazer o teste rápido em qualquer época do ano.

Casos

São José dos Campos registrou nos primeiros seis meses deste ano 12 casos de hepatite B e 13 de hepatite C. Durante todo o ano de 2019, foram registrados 77 casos de hepatite B e 148 de hepatite C.

Serviço

Unidade de Especialidades (UES): Avenida Madre Tereza, 449, Centro.

Centro de Referência em Moléstias Infecciosas (CRMI): Rua Amin Assad, 200, Jardim São Dimas.

 Fonte: Prefeitura de São José dos Campos (SP).