Fundhas inova com ensino híbrido e fornecimento de chip

A Fundhas (Fundação Hélio Augusto de Souza) inova seu atendimento socioeducativo e, a partir deste mês, inicia um projeto de ensino híbrido e o fornecimento de chips com acesso à internet para seus atendidos.

Cerca de 70 adolescentes, que integram o Centro Desenvolvimento Artístico da instituição, receberam chips de telefonia móvel. O uso de tecnologia visa manter os atendimentos de forma remota enquanto as atividades presenciais não retornam devido à pandemia.

Os alunos, acompanhados de seus responsáveis, receberam o chip, com instruções de uso, e acesso liberado no site da Fundhas para as atividades, disponíveis pela ferramenta Google Sala de Aula.

Por meio de exercícios e vídeos disponíveis no ambiente virtual, adolescentes da banda, fanfarra e do corpo coreográfico se mantêm conectados com a Fundhas, que amplia suas ações remotas e inicia o ensino híbrido.

Novidade aprovada

Júlia Kellen Santos de Castro Silva, 16 anos, é moradora do Pinheirinho dos Palmares (região sudeste) e conta que está gostando da novidade das atividades online. “Testei e sei que funciona. As aulas me surpreenderam, é como uma aula normal, mas com o professor na tela”, disse.

Quando foi retirar o chip de internet na sede da Fundhas, Júlia aproveitou para fazer um breve tour pelos novos espaços do Centro de Desenvolvimento Artístico e aprovou. “Está tudo diferente, moderno, gostei muito”, afirmou.  

A dona de casa Rejane de Souza, 38 anos, que mora no Jardim Paulista (região central), é mãe da Emanuelle, que participa como baliza do corpo coreográfico da Fundhas, e se diz satisfeita com as ações da instituição.

“O mundo passa por grandes mudanças, elas acontecem o tempo todo, nós que somos pais precisamos manter o foco no que é melhor para nossos filhos. No meu caso, vejo a Fundhas como a melhor opção para a Emanuelle. Às vezes chego do trabalho e ela está ensaiando os passos em frente ao computador”, diz.

Para Emanuelle Alves de Souza Ferreira, 12 anos, “essa ideia do chip de internet foi muito boa”.

“Eu consigo fazer atividades da Fundhas em casa, é fácil de mexer no site e muito legal”, afirmou.

Conectividade

Com o fornecimento de chip de internet e a disponibilização de atividades no site, a Fundhas busca oferecer conteúdo de forma virtual para adequar seu atendimento à realidade.

A iniciativa começou com um grupo do Centro de Desenvolvimento Artístico e poderá ser ampliada.

“Com o tempo, essa nova ferramenta vai poder evoluir ainda mais, podemos ter aulas ao vivo futuramente. A participação dos alunos tem tido um destaque, eles estão aderindo bem à proposta e se mantêm conectados com a Fundhas”, disse o gestor do Centro, Flávio Messias. 

Vem pra Fundhas

  •         Ao longo dos 33 anos de existência, a Fundhas contribuiu com a formação de mais de 30 mil crianças e jovens que viram em seus projetos a possibilidade de realizar sonhos e de crescimento profissional.
  •         Com atuação no contraturno escolar, a Fundhas oferece projetos voltados à música, dança, teatro, artes, tecnologia, meio ambiente e sustentabilidade e um cuidado especial no reforço escolar.
  •         Todos os atendidos recebem gratuitamente alimentação, uniforme e transporte.
  •         O Cephas é um Centro Educacional da Fundhas que tem como finalidade oferecer educação profissional através de cursos de formação inicial e continuada, programa de aprendizagem profissional, cursos técnicos de nível médio e EAD para a comunidade.
  •         Fique por dentro das ações que a Fundação realiza em São José (SP) pelo Facebook, na página Fundhas SJC, e pelo Instagram.

Acompanhe mais notícias de São José dos Campos (SP) em nossas redes sociais. Instagram: @cidadaojoseenseoficial. Facebook: Cidadão Joseense.