Estudantes fazem compostagem de lixo em São Francisco Xavier

Alunos da Emef. Mercedes Rachid Edwards, em São Francisco Xavier, começaram ontem (24) o projeto piloto de compostagem que vai usar restos da poda de árvores e resíduos gerados na cozinha da escola.

Um grupo de estudantes de 15 anos participou atento das explicações dos técnicos do Programa Compostar e Plantar, da Secretaria de Urbanismo e Sustentabilidade. Depois de ouvir os ensinamentos, puderam experimentar na prática o que aprenderam.

O objetivo do Programa Compostar e Plantar é incentivar e apoiar a compostagem de resíduos orgânicos in loco, em escolas, condomínios, empresas, prédios públicos, entre outros. Os estudantes iniciaram o processo que permitirá a decomposição pela própria natureza e que gerará humus diretamente no solo, sistema mais adequado a zona rural.

A aula ao ar livre foi aprovada pelos estudantes. “Gostei muito dessa experiência. Vou levar para minha casa, minha mãe vai gostar”, disse a estudante Meriele Pereira. Shemuer Moisés disse que vai conseguir ajudar seu pai, que já faz esse tipo de compostagem do lixo em casa. “Agora sei como funciona”, afirmou.

Os canteiros serão cuidados pelos professores e alunos e vão gerar um adubo rico em nutrientes que será usado na horta comunitária/educativa no próprio Parque Municipal de São Francisco Xavier.

Para o professor Natanael Felipe, além de ensinar os alunos a preservar o meio ambiente, o programa resgata a tradição que os avós e bisavós dos estudantes mantinham no trabalho diário com a terra. “É um laboratório vivo ao ar livre”.

Acompanhe mais notícias de São José dos Campos (SP) em nossas redes sociais. Instagram: @cidadaojoseenseoficial. Facebook: Cidadão Joseense.