Ação de voluntários fortalece rede de doadores em São José

Já pensou o que seria do planeta se não fossem os voluntários? Sim, aqueles que incorporam no seu dia a dia a missão de ajudar os outros, praticando a solidariedade e integrando a rede do bem. Em São José dos Campos (SP), há muitos voluntários anônimos que contribuem para a melhoria da qualidade de vida e bem-estar comum.

No Fundo Social de Solidariedade chegam alimentos, roupas, móveis, brinquedos, entre outras doações, por diversas mãos. Uma delas é a do professor Leonildo Vicente Júnior, de 61 anos, aposentado há quatro anos. Desde o início da pandemia do coronavírus, em 2020, ele não tem medido esforços na arrecadação de alimentos. “É preciso empatia para perceber a realidade das pessoas. Tem muita gente passando necessidade. A pandemia vai passar, mas sempre haverá pessoas em situação de vulnerabilidade e nós precisamos ajudar de alguma forma”, disse.

Toda semana, seu Leonildo aparece no Centro de Distribuição do Fundo Social com suas contribuições arrecadadas entre os condôminos de seu prédio e vizinhança. Para ele, que divide seu tempo entre os cuidados com sua mãe e o voluntariado, é uma satisfação saber que alguém que ele nunca viu ter sua necessidade amenizada. “Não vamos acabar com o problema, mas podemos aliviar o sofrimento”.

Campanhas

O professor aposentado não está sozinho nesta empreitada. Na Vila Adyana e bairros arredores, há um grupo forte de condôminos de nove prédios residenciais e um estabelecimento comercial que participa, mensalmente, de campanhas de arrecadações. As organizadoras, que preferem se manter no anonimato, direcionam as campanhas conforme a necessidade informada pelo Fundo Social. “Muitas pessoas têm boa vontade, mas não têm a iniciativa e não sabem como ajudar. Então, resolvemos fazer a ponte entre quem doa e quem precisa de ajuda, por meio do Fundo Social”, afirmam as coordenadoras das campanhas voluntárias.

Juntos, os participantes já arrecadaram alimentos, produtos de limpeza, higiene pessoal, roupas e cobertores. Essa rede tem dado tão certo que já se expandiu para o Jardim Aquarius, envolvendo um edifício comercial e um estabelecimento comercial no bairro da região oeste. As organizadoras voluntárias mobilizam os doadores com avisos nos elevadores e caixas coletoras que são recolhidas e encaminhadas ao Fundo Social, que faz chegar à população por meio das entidades sociais. “Tudo o que é arrecadado é listado para que possamos prestar contas a todos os envolvidos”, contam.

Para elas, esse trabalho voluntário faz bem e traz o sentimento de paz. “Não dá pra gente viver no nosso mundinho e ser indiferente em relação aos problemas alheios”. O Dia do Voluntariado no Brasil é comemorado em 28 de agosto, mas todo dia é dia de fazer o bem.

Serviço:

Centro de Distribuição do Fundo Social de Solidariedade
Av. Olivo Gomes, 100, Santana (Parque da Cidade)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Tel: (12) 3911.8060
Para doações de grande porte, basta enviar foto do item pelo whatsapp (12) 99633.6786 que o Fundo Social providencia a retirada

Acompanhe mais notícias de São José dos Campos (SP) em nosso Instagram: @cidadaojoseenseoficial.