São José intensifica campanha de conscientização sobre autismo

A Prefeitura de São José dos Campos, por meio da Secretaria de Apoio Social ao Cidadão, intensificou a campanha de conscientização sobre o autismo.

O trabalho é realizado pela Assessoria de Políticas para Pessoas com Deficiência.

As equipes estão percorrendo estabelecimentos comerciais em todas as regiões da cidade. Durante as visitas, distribuem folders orientam os lojistas e comerciantes sobre o TEA (Transtorno do Espectro Autista) com o objetivo de garantir o respeito, os direitos e a melhoria do atendimento e dos serviços prestados a este público, como o atendimento prioritário.

Em outra frente de atuação, a Prefeitura já capacitou cerca de 1.000 funcionários e colaboradores de shoppings.

“Consideramos esta ação da Prefeitura de extrema importância, pois é essencial a inclusão e empatia de todos em relação às pessoas com deficiência”, afirmou a lojista Ana Alice Franco.

Funcionária de comércio cola cartaz sobre atendimento prioritário

#Respectro

A Administração municipal participa da Campanha Nacional de Conscientização do Autismo por meio da RIA (Rede de Inclusão ao Autista), criada pela Prefeitura em 2019 com o objetivo de oferecer uma assistência mais ampla às pessoas com diagnóstico de TEA.

A rede abrange as secretarias de Apoio Social ao Cidadão; Saúde; Educação e Cidadania; Esporte e Qualidade de Vida; e Mobilidade Urbana, além da Fundação Cultural Cassiano Ricardo.

O tema da campanha é Autismo: Respeito para todo o espectro. Nas redes sociais está sendo usada a hashtag #RESPECTRO (união das palavras respeito + espectro).

Carteira de Identificação da Pessoa com TEA amplia inclusão

Acompanhamento

Em mais uma ação de inclusão, neste ano também teve início a distribuição da Carteira de Identificação da Pessoa com TEA. O documento, que tem como principal objetivo identificar e garantir os direitos destas pessoas em todos os serviços públicos e privados, é fruto de uma parceria da Prefeitura com a Frente Parlamentar do Autismo.

Atualmente, 1.161 pessoas com TEA são acompanhadas no sistema de serviços públicos de saúde do município.

Regularmente, a Prefeitura realiza capacitação dos profissionais envolvidos na rede, como professores, terapeutas ocupacionais, médicos, fisioterapeutas, cirurgiões dentistas e psicólogos, entre outros, para que possam atender e acolher da melhor forma possível as crianças, adultos e suas famílias.

Autismo

O TEA é um distúrbio de desenvolvimento e seu diagnóstico é clínico. Pelo Manual de Transtornos Mentais (DSM-5), é classificado como leve, moderado e grave. Entre os sintomas estão os déficits persistentes em comunicação e interação social, padrões repetitivos e interesses restritos de comportamento e atividades, que limitam a funcionalidade social e emocional.

Através do RIA, é realizado em São José serviço integrado que permite o acompanhamento e monitoramento do paciente para a inclusão social, inclusão no mercado de trabalho, ressocialização, promoção de saúde, apoio psicossocial e reabilitação. O objetivo é proporcionar também apoio integral às famílias por meio de palestras e seminários.

Inclusão

São José possui uma ampla rede de proteção e serviços para as pessoas com deficiência, desenvolvida e realizada por todas as secretarias municipais.

A Secretaria de Apoio Social ao Cidadão, através da Assessoria de Políticas para as Pessoas com Deficiência, planeja e executa políticas públicas para garantir autonomia, sociabilidade, proteção e respeito para esta população.

São José conta ainda com o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, com membros da Prefeitura e de outras instituições. O conselho é atuante e contribui com as ações desenvolvidas pela Prefeitura.

Acompanhe mais notícias de São José dos Campos (SP) em nosso Instagram: @cidadaojoseenseoficial.