Funcionário mais antigo da Prefeitura se aposenta este mês

Prestes a completar 75 anos de vida e contando os dias para se aposentar, o advogado Luiz Carlos Teixeira é o mais antigo servidor, em atividade, na Prefeitura de São José dos Campos. Ele ingressou no serviço público no dia 28 de outubro de 1968, na função de escriturário – conquistou uma das 30 vagas entre 300 candidatos. “Há 54 anos e meio”, como faz questão de enfatizar.

Atualmente, Luiz Carlos é procurador da Prefeitura no IPSM (Instituto de Previdência do Servidor Municipal), cargo que ocupa há 30 anos (desde 1993), depois de passar por várias outras funções. Ele também já foi assistente administrativo, pagador de pessoal (não havia pagamento por banco), grande chefia, diretor e advogado sênior.

Luiz Carlos, com certeza, pode ser considerado um funcionário exemplar. Afinal, trabalhar todo este tempo sem faltar um dia sequer, não é para qualquer um. Nem mesmo quando precisou fazer uma timpanoplastia (cirurgia no tímpano), se ausentou por licença médica.

“Eu preferi solicitar 15 dias de férias para poder fazer a cirurgia, sem que os dias fossem registrados no meu prontuário como licença médica”, confirma de forma convicta. Apesar de toda esta assiduidade, Luiz Carlos não pensa mais em trabalhar após se aposentar. “Já trabalhei o suficiente, agora vou viajar”, diz ele.

Diretor de peso

Por 7 anos (de 1986 a 1993), Luiz Carlos comandou o Departamento de Receita e Fiscalização, que englobava as áreas de posturas (inclusive de parquímetros) sanitária, tributária, de próprios públicos, transformada em Divisão de Abastecimento (Mercado Municipal, feiras-livres, táxis, feira da barganha) e defesa do consumidor (transformada em Procon).

Neste período, muitos empreendimentos que se instalaram na cidade, passaram por análise do Departamento de Fiscalização: Centervale Shopping, Vale Sul Shopping, Vinac Consórcios, Bandeirantes Automóveis, Chevrolet Automóveis, Ford Automóveis, Clube de Campo Santa Rita, Clube Luso Brasileiro e Clube Termas do Vale.

E algumas mudanças feitas durante este tempo perduram até hoje: o lixo doméstico passou a ser acondicionado em sacos plásticos e não mais em latas; e o centro da cidade ganhou uma delimitação chamada de ‘perímetro nobre’, onde algumas ações não são permitidas, como lavagem da calçada após as 7h.   

Conhecedor como ninguém das leis municipais e das ações da Prefeitura nas áreas sob sua gestão, Luiz Carlos também era tido pelas administrações como a pessoa certa para conversar com a imprensa. “Eu ia três vezes por semana às emissoras de rádio Piratininga, Clube e Metropolitana”, conta.

Primeiros passos

Filho de militar, Luiz Carlos nasceu em São José dos Campos no dia 28 de junho de 1948. É casado com Gedelnil Gonçalves Mota Teixeira há 35 anos, com quem teve um filho, hoje com 28 anos, Bruno Luiz Gonçalves Mota Teixeira.

Além da graduação em Direito pela Fundação Valeparaibana de Ensino (hoje Univap – Universidade do Vale do Paraíba), em 1973, Luiz Carlos também cursou dois anos de jornalismo na UMEC (Universidade de Mogi das Cruzes), mas desistiu no meio do caminho, por conta da ditadura militar.

“Entendi que não era o momento para dar prosseguimento no curso”, explica. Não satisfeito, Luiz Carlos ainda cursou faculdade de Educação Física na Unitau (Universidade de Taubaté) e um ano de Filosofia na Univap. E antes disso tudo, passou pela antigo Colégio Ayres de Moura (Olavo Bilac).

Antes dessa preocupação com sua formação acadêmica e mesmo sem saber, Luiz Carlos, já se qualificava para enfrentar o mercado de trabalho. Aos 9 anos, sua mãe o matriculou em um curso de datilografia, diferencial que o fez ser escolhido entre outros 9 candidatos para uma vaga no Banco Noroeste, seu primeiro emprego.

Números

75 anos de idade (que serão completados no dia 28/06/2023).

54 anos e meio de serviços prestados à Prefeitura.

35 anos de tempo que está casado.

30 anos no cargo de Auditor no IPSM (de 1993 a 2023).

7anos no cargo de Diretor do Departamento de Receita e Fiscalização.

18 Prefeitos

Luiz Carlos começou a trabalhar na Prefeitura quando Elmano Ferreira Veloso era o prefeito e passou pelas administrações de outros 17: Donato Mascarenhas Filho, Marcondes Pereira, José Ferze Tau, Sérgio Sobral de Oliveira, Ednardo de Paula Santos, Joaquim Bevilacqua, José Luiz Carvalho de Almeida, Robson Marinho, Hélio Augusto de Souza, Antonio José, Pedro Yves Simão, Angela Guadagnin, Emanuel Fernandes, Carlinhos Almeida, Eduardo Cury, Felicio Ramuth e o atual.

Quando não está trabalhando, gosta de: 

– Viajar, ler livros, revistais, jornais e ir ao cinema.

– Assistir seu filme preferido, O Álamo (1960), clássico com John Wayne.

– Comer feijoada, seu prato preferido.

– Torcer pelo São Paulo, seu time do coração.

Novas tecnologias

Questionado sobre as vantagens do avanço tecnológico, Luiz Carlos destaca que hoje é muito mais fácil trabalhar, principalmente por conta da internet e do celular. “Estas duas novidades são muito importantes”, enfatiza. Lembra da máquina Olivetti, modelo Studio 46, que tem em sua casa, idêntica à que foi fotografada ao seu lado durante a entrevista no IPSM.

Frases

“Para conseguir o que se almeja na vida, a primeira coisa é ter saúde e, depois, trabalhar”.

“A única coisa que não tem saída é a morte”.

Acompanhe mais notícias de São José dos Campos (SP) em nosso Instagram: @cidadaojoseenseoficial.