Alunos das Etecs de SP são selecionados para intercâmbio nos EUA

Foram selecionados alunos do ensino médio com excelente desempenho escolar, fluência em inglês e engajamento em iniciativa de impacto social.

Estudantes de duas Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) da região de Sorocaba estão entre os selecionados pelo Programa Jovens Embaixadores, promovido pelo Departamento de Estado dos Estados Unidos (EUA).

Com coordenação da embaixada e dos consulados norte-americanos no Brasil, o programa oferece intercâmbio de duas semanas em território norte-americano para alunos de Ensino Médio da rede pública com excelente desempenho escolar, fluência em inglês e engajamento em iniciativas de impacto social. O embarque está previsto para 19 janeiro de 2024.

A seleção dos 46 intercambistas, representando todos os estados do Brasil e o Distrito Federal, foi feita por meio de provas escrita e oral em inglês, além de análise de currículo. Para serem aprovados, os jovens também tiveram que comprovar participação em uma ou mais iniciativas de empreendedorismo social.

Expectativa

“Eu aprendi inglês por conta própria, assistindo a filmes e séries e estudando sozinha”, revela uma das selecionadas, a estudante da Etec Darcy Pereira de Moraes, de Itapetininga, Bruna de Souza.

A moradora de Angatuba tem uma rotina de estudos bastante intensa: faz o Ensino Médio em uma Escola Estadual em período integral, na cidade em que reside, e viaja à noite para a vizinha Itapetininga, onde cursa o técnico em Serviços Jurídicos.

Ela também participa do projeto Alunos Solidários, com os colegas da Etec, desenvolvendo diversas ações para ajudar comunidades carentes da cidade. “O que mais me motiva no Programa Jovens Embaixadores é mostrar para outros jovens que, mesmo morando em uma cidade pequena e estudando em escolas públicas, eles podem sonhar alto”, diz Bruna.

Já o estudante do Ensino Médio com Habilitação Técnica em Química da Etec Rubens de Faria e Souza, de Sorocaba, Rick Rezende, se destacou pelo projeto Eco team for a better world. Entre as iniciativas para a conscientização ambiental no ambiente escolar, os alunos instalaram um biodigestor e jardins verticais no campus da unidade.

“Estou ansioso pelas atividades que envolvem empreendedorismo, liderança e organização de pessoas. Acredito que os conhecimentos adquiridos nessa experiência me servirão para o resto da vida”, projeta Rick, que já faz estágio na área.

Intercâmbio

A programação nos EUA começa em Washington, D.C., onde os intercambistas participarão de atividades como oficinas sobre liderança e empreendedorismo, projetos de impacto social, reuniões com representantes do governo e visitas a escolas da região. Eles farão apresentações sobre o Brasil e seus estados.

Depois disso, serão divididos em grupos menores e cada um seguirá para uma das seguintes cidades: Kalamazoo, no estado de Michigan; Pensacola, Florida; e Tulsa, Oklahoma. Nestas localidades ficarão hospedados por famílias voluntárias e terão a oportunidade de vivenciar a cultura e o dia a dia dos norte-americanos.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo.

Acompanhe mais notícias de São José dos Campos (SP) em nosso Instagram: @cidadaojoseenseoficial.