SP vai oferecer merenda aos alunos da rede estadual durante o recesso de janeiro

Distribuição é feita nas unidades que ofertam a alimentação escolar de forma centralizada; Em julho, foram servidas mais de 160 mil refeições.

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) vai abrir 3.422 escolas durante as férias de janeiro para oferecer almoço aos estudantes da rede. Para que as refeições sejam preparadas, os pais e responsáveis precisam responder à pesquisa de interesse até esta sexta-feira, dia 22.

As unidades de ensino estarão abertas a partir do dia 02 de janeiro. Irão oferecer as refeições as unidades que ofertam a alimentação escolar de forma centralizada, ou seja, com contratos de cozinheiras e compras de insumos diretamente pela pasta. Nas outras unidades de ensino, a alimentação é fornecida de forma descentralizada, pelas prefeituras.

Durante o período de aulas, quase 2 milhões de estudantes se alimentam diariamente nas 3.422 unidades com alimentação centralizada.

Para o mês de janeiro, a Secretaria tem a opção de atender a toda essa demanda, porém, é preciso que os pais informem a escola com antecedência a fim de evitar desperdício de alimentos.

“Nossas equipes escolares, incluindo cozinheiras, cozinheiros e equipe gestora, estão prontas e orientadas sobre o almoço nas férias. Esperamos a manifestação dos pais e familiares para que possamos preparar a alimentação escolar em janeiro, de acordo com a demanda e para evitar desperdício, e manter o acesso à alimentação mesmo fora do período de aulas”, explica a diretora técnica do Departamento de Alimentação Escolar da Educação de SP, Nayla Veríssimo.

Até esta sexta-feira, dia 22, pais e familiares de estudantes que optarem pelo almoço oferecido pelas escolas durante o mês de janeiro devem responder a pesquisa por meio da Secretaria Escolar Digital (SED) ou manifestar interesse diretamente nas unidades de ensino. A alimentação será servida na escola de origem de cada estudante.

No recesso de julho de 2023, as escolas serviram mais de 160 mil refeições, em um projeto que inspirou a abertura das escolas nas férias escolares de janeiro.

Fonte: Governo do Estado de São Paulo.

Acompanhe mais notícias de São José dos Campos (SP) em nosso Instagram: @cidadaojoseenseoficial.