Reunião do Comitê Primatas apresenta estudo à comunidade

Na última quarta-feira (20), ocorreu a segunda reunião presencial do Comitê Executivo do Programa Primatas, na sede da APA Estadual São Francisco Xavier, com a presença de Fabiano Melo, professor titular da UFV (Universidade Federal de Viçosa) e da primatóloga Karen Strier, professora da Universidade de Wisconsin-Madison, nos EUA, maior especialista mundial no estudo dos muriquis, além de representantes da Fundação Florestal, Instituto Chico Mendes de Biodiversidade, Associação Regenera Yama e Prefeitura de São José dos Campos.

O encontro demonstra a consolidação do Programa Primatas que está completando quase dois anos de ações conjuntas, com avanços em vários temas. Na divulgação científica, por meio do Seminário sobre Muriquis e outros Primatas que segue para sua 3ª edição em 2024; na área de Comunicação, com elaboração de materiais como calendários, cartazes, folders e criação de redes sociais do Programa; em Educação Ambiental, com sensibilização sobre as cinco espécies de primatas que vivem no Município e a importância de sua proteção, estimulando a vacinação contra a febre amarela, e a realização de palestras em escolas do Distrito, em comemoração ao Dia do Muriqui (27 de agosto).

Houve elaboração de norma sobre o turismo de observação de primatas, que será publicada, além de orientações para o ordenamento da atividade e formação de monitores visando à proteção dos animais observados. No âmbito das ações de levantamento e manejo de saguis, já foram avistados mais de 60 animais e esterilizados mais de 30, contribuindo para a conservação do sagui-da-serra-escuro.

Os estudos científicos em São Francisco Xavier, sobretudo, com muriquis, continuam em andamento e mais propriedades têm sido visitadas, além dos inúmeros sobrevoos de drone realizados para identificação e visualização dos animais nas copas das árvores.


Reunião do Comitê Primatas na sede da APA SFX | Foto: PMSJC

O professor Fabiano Melo realizou, no final da tarde, a apresentação dos dados da dissertação de Mestrado do aluno Paulo Rodrigo para moradores do Distrito, de forma didática e clara. Foi explicada a metodologia utilizada, a forma de obtenção dos dados, além de exibir tabelas e mapas das áreas percorridas e os registros feitos dos primatas, a partir da observação nas trilhas e pela câmera termal do drone.

Sabe-se até o momento, que há pelo menos 5 grupos de muriquis nas matas altas do Distrito com, no mínimo, 79 animais no total. Quanto mais observações forem feitas, maior e mais exato pode ser o número total de muriquis no Distrito. É importante lembrar que são animais muito ameaçados e esses grupos de SFX formam uma das poucas populações de muriquis do mundo.

Ao final, Fabiano agradeceu a colaboração da comunidade, informando sobre avistamentos, e dos proprietários que autorizam o acesso às áreas, pois sem o apoio de todos estes estudos não poderiam acontecer. A apresentação foi gravada e o link para o vídeo será disponibilizado, em breve, na página do Programa e redes sociais.

Acompanhe mais notícias de São José dos Campos (SP) em nosso Instagram: @cidadaojoseenseoficial.